C  A  S  A  M  E  N  T  O

   

 

 

Preparação

  Algum tempo antes do casamento - cerca de um ano - é indispensável

     intensificar a preparação humana e cristã, através dos encontros de

     preparação para o matrimónio.

 

  Três meses antes da data prevista, devem os nubentes dirigir-se

    à paróquia, para organizarem o processo.

 

  No dia do casamento, à hora marcada, os noivos devem estar na Igreja.

Organização

Celebração

       
       
       

CASAMENTOS NAS 3 PARÓQUIAS EM 2014 E 2015

       
Dia Lugar

Casamentos em 2014

Dia Lugar

Casamentos em 2015

10/08 Perais

 Fabric, Alfred Martin e Milene Valente Moita

08/08

Perais

V.Pousadas

José Dias Lucas Afonso e Liliana Catarina Nunes Rosa

06/09 Perais

 Pedro Xavier Gouveia Caló e Angela Isabel Silva Vaz

29/08

Perais

V.Pousadas

Ezequiel Pires de Oliveira e Cátia Sofia de Jesus Castelo

Estes casais vieram de outras paróquias e fixaram residência nas suas paróquias de origem

   Estes dois casais fixaram residência nesta paróquia, na povoação de Vale de Pousadas

   

CRESCER  NO  AMOR

PREPARAR  O  FUTURO

CASAR  PELA  IGREA  É...

   

PREPARAÇÃO - Nas nossas paróquias não temos o CPM (Centro de Formação para o Matrimónio). No entanto ele existe em Castelo Branco, onde muitos dos nossos noivos têm participado com muito agrado.

Os noivos que têm possibilidades de participar naqueles encontros de preparação, devem fazê-lo.

Para todos os outros, a respetiva preparação faz-se em Vila Velha de Ródão ou Fratel.

Os noivos que vivem na freguesia de Fratel, devem combinar com as Religiosas, ali residentes, os dias e horas mais propícias, para a preparação.

Os noivos de Vila Velha de Ródão e Perais combinarão com o pároco os encontros que decorrerão aos sábados e/ou dias de semana à noite.

.

ORGANIZAÇÃO - Como na nossa região, a maioria dos casamentos se celebra nos meses de Junho, Julho e Agosto, é necessário que a marcação na agenda da paróquia, se faça atempadamente.

.

DIA DA CELEBRAÇÃO - O dia escolhido é, na nossa região, por tradição, o Sábado. Aos Domingos, não é possível, por razões de ordem pastoral, a não ser que os noivos tragam um sacerdote que se responsabilize pela celebração do Sacramento.

.

Testemunhas - No Casamento não há padrinhos; há testemunhas. Qualquer pessoa pode ser testemunha no casamento, desde que seja de maior idade e saiba escrever.

É querer

viver um amor através de toda a vida.

Viver um amor que exige fidelidade até à morte. Por esta razão o casamento religioso exclui a ideia do divórcio.

É crer

que Jesus Cristo, pelo sacramento do matrimónio dará forças para manter e alimentar este amor. Não vos deixará sós, por mais difíceis que sejam os momentos da vida.

É dispor-se

a educar cristãmente os filhos. Para o cristão a vida tem uma dimensão nova: os seus filhos serão flhos de Deus. Se achais que o vosso cristianismo vos faz felizes, quereis certamente comunicar essa felicidade aos vossos filhos: fazer que eles sejam e vivam como filhos de Deus.