Fotos Ródão

Fotos N S Alagada

 

 

 

 

 

 

 

 

Fotos Igreja

Paroquial

Clique aqui

 
     
     
     
     
     
 

   
  Esta página pretende ser:    

- Um local de encontro do pároco com os seus paroquianos e amigos.

   
   

- Um local informativo sobre a vida religiosa das paróquias de Vila Velha Ródão, Fratel e Perais.

   
   

- A voz da igreja junto das comunidades que são chamadas a renovar-se, dentro do espírito da nova evangelização.

   
   
 

 

   
 

   
       
 
 

 

QUARESMA DE 2018

 

Tal como o antigo povo de Israel caminhou, durante quarenta anos, pelo deserto, para ingressar na terra prometida, também a Igreja, o novo povo de Deus, se prepara durante quarenta dias, para celebrar a Páscoa do Senhor.

Embora seja um tempo penitencial, não é um tempo triste e depressivo. Trata-se de um tempo especial de purificação e de renovação da vida cristã, para poder participar com maior plenitude e gozo do mistério pascal do Senhor.

 

Nesta Quaresma, vamos administrar a Santa Unção

aos idosos e doentes interessados

em três grandes celebrações comunitárias.

(Lugares e datas das Celebrações)

 

 
   
 

 

A Unção dos Enfermos 

Escutemos o que diz o Apóstolo São Tiago:

Algum de vós está doente? Chame os sacerdotes da Igreja e que estes orem sobre ele, ungindo-o com óleo em nome do Senhor. A oração da fé salvará o doente e o Senhor o aliviará; e, se tiver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados. (Tg 5, 14-15) 

 

O que é

A Unção dos enfermos é o Sacramentos da Cura

O Senhor Jesus é o médico das nossas almas e dos nossos corpos. Ele perdoou os pecados ao paralítico e restitui-lhe a saúde do corpo (Mc 2, 1-12). Ele hoje deseja que a sua Igreja continue a sua obra de cura e salvação através da força do Espírito Santo.

É este o sentido dos dois sacramentos da cura: A penitência, (também chamada reconciliação, ou confissão) e a unção dos enfermos.

 

O dom do sacramento dos Enfermos… Porquê?

O Sacramento da Unção dos Enfermos vem em auxílio do cristão confrontado com as dificuldades de uma doença grave ou com as limitações da idade avançada. Pode-se receber este sacramento da unção sempre que se é acometido por uma doença grave ou pela idade avançada.

Assim sendo, o cristão confrontado com uma doença grave ou com as dificuldades de saúde, próprias da idade avançada ou quando é submetido a uma operação de risco deverá solicitar aos sacerdotes, este sacramento

A sagrada Unção dos Enfermos, como a Igreja Católica professa e ensina, é um dos sete sacramentos do Novo Testamento, instituído por Nosso Senhor Jesus Cristo.

A Unção dos Enfermos é o Sacramento dos doentes que mostra claramente a solicitude corporal e espiritual do Senhor para com os fragilizados.

A pessoa que está doente necessita de uma peculiar Graça de Deus para que não perca o ânimo na aflição.

Recebendo o Sacramento dos doentes, o enfermo pode suportar melhor, com mais fortaleza, os males que o afligem, e pode vencê-los obtendo a saúde do corpo e renovando-se na sua espiritualidade. Por tudo isso, através da Unção dos Doentes, pede-se ao Senhor que o cristão regresse às suas normais atividades, às suas anteriores ocupações, uma vez que se pede a cura de toda a fraqueza, o sarar de todas as feridas, o alívio de todas as dores da alma e do corpo e o perdão de todos os pecados.

 

A quem é dirigida a Santa Unção

Este Sacramento reserva-se às pessoas doentes e idosas, com mais de 65 anos, ou seja, aos fiéis que adoecem por enfermidades graves ou que envelhecem naturalmente, pelos anos. Antes do Concílio Vaticano II, só se administrava a quem estava em perigo de vida. Atualmente é administrado aos fiéis que adoecem, ou entram na terceira idade.

 

Como é administrada a Santa Unção

Usa-se o óleo de oliveira, benzido pelo Bispo, na Quinta-Feira Santa. O sinal desse sacramento é a imposição das mãos do sacerdote sobre as pessoas e a unção. A Graça deste sacramento é a Força, o Perdão e a Ajuda para recuperar a saúde e a esperança na vida. É também alívio e conforto na dor.

As pessoas aproximam-se dos sacerdotes. Cada sacerdote toma o Santo Óleo e unge o doente na testa e nas mãos, dizendo a seguinte fórmula:

 

Fórmula:

Por esta santa Unção

e pela sua infinita misericórdia,

o Senhor venha em teu auxílio

com a graça do Espírito Santo

R. Amen.

 

para que, liberto dos teus pecados, Ele te salve

e, na sua bondade, alivie os teus sofrimentos.

R. Amen.

 

A Santa Unção é um sacramento que dá vida!

A unção dos enfermos foi instituída por Jesus, quando enviava os Apóstolos a pregar o Evangelho, a visitar os doentes e a curá-los (Marcos 6, 13).

A unção tem também o efeito de perdoar os pecados e a voltar à graça perdida por eles.

Em algumas paróquias, existe o costume de, quando alguém vai passar por uma cirurgia, é ungido na missa comunitária, e todos os presentes rezam pela sua saúde dessa pessoa. Então, quando a pessoa chega ao hospital, já está cheia de confiança em Deus e disposta a lutar contra a sua doença.

 
   
       
 

   
 

 

 
 

contador de visitas
Contador de visitas
Diseño Web Sevilla

 

Última atualização

 
   

16-01-2018