SEMANA DOS SEMINÁRIOS

 

   
         
   

 

Começa hoje, em Portugal, a "Semana dos Seminários".

«Formar discípulos missionários» é o tema da Semana dos Seminários 2018 que as dioceses portuguesas vão viver entre 11 e 18 de novembro, É um “momento especial para olhar com mais atenção e cuidado para esta importante realidade da vida da Igreja”.

Vamos intensificar as nossas orações pelas vocações sacerdotais e religiosas.

Precisamos dos nossos seminários, precisamos dos nossos jovens, precisamos dos formadores... mas precisamos mais do que tudo, de sacerdotes, para a Igreja, nesta fase difícil.

"Sacerdotes precisam-se"...

Na nossa diocese, vai ser ordenado de diácono, na Sé de Castelo Branco, no dia 25 deste mês, às 16,00 h, um jovem seminarista, natural de Nisa, de nome André Filipe Gomes Beato que terminou a sua formação, na Universidade Católica, de Lisboa.

É um futuro sacerdote, que tanta falta faz nesta diocese.

No entanto, realidade é esta: os seminários estão vazios. Não podemos esconder esta realidade, às nossas comunidades.

A diocese tem-se esforçado, com encontros, formação e acompanhamento junto dos jovens, mas falha, certamente a nossa oração...

Os jovens não respondem ao apelo da Igreja.

A Igreja precisa de padres, urgentissimamente!...

Sem sacerdotes não haverá Igreja, porque sem eles, não haverá Eucaristia...

Mas a Igreja tem a promessa de Cristo de que nunca acabará. Por isso, onde quererá Deus que a Igreja recrute vocações para o sacerdócio? Só nos jovens que teimam não ouvir a voz de Deus?... E por que não nos diáconos permanentes, nos homens casados, nas mulheres?

Opinar neste sentido, em 2018, ainda é considerado uma "heresia" pela igreja mais conservadora. É este um dos pecados da Igreja. É urgente abrirmo-nos e sabermos interpretar a vontade de Deus!...

"Faça-se a Vossa vontade", rezamos nós, muitas vezes, no Pai Nosso. Mas o que nós queremos é que se faça antes o que nós temos nas nossas mentes ...

Vamos rezar pelos seminários e sobretudo, pedir ao Senhor da messe que mande trabalhadores para a sua messe, venham eles donde vierem!...